Use parafina para vedar um vaso rachado da seguinte maneira: Derreta a parafina e revista à parte interna do vaso com uma camada de parafina deixar endurecer. A parafina durara indefinidamente e evitará o vazamento.

A parafina é muito utilizada em artesanato para fabricação de velas, saches perfumados, em flores artificiais.

Na impermeabilização de couros, telas, paredes e cartuchos de papel.

Como material vedante.

Como isolante elétrico.

Fabricação de Saches Perfumados

Material:
- 300g de parafina sólida
- 10g de corante (pode ser utilizado raspas de lápis de cera) de sua cor preferida
- 15g de ácido esteárico (estearina)
- 10ml de essência (solúvel em óleos) de sua escolha
- 5ml de fixador
- forminhas para chocolates nos formatos desejados (para os saches)
- forminhas nos formatos desejado metálica ou plástico (tipo forminha de empadas)
- 1 caneca (tipo leitera) pode ser esmaltada, de vidro ou mesmo de alumínio
- colher de pau

Na caneca derreta a parafina, a estearina e o corante (você pode controlar a cor dos saches aumentando ou diminuindo ligeiramente a quantidade do corante adicionado).

Aguarde até que as substâncias derreterem e formarem um líquido homogêneo mexa com a colher de pau.

Desligue o fogo, continue mexendo e adicione imediatamente a essência e o fixador.

Despeje a mistura líquida nas forminhas e espere esfriar. Se quiser pode colocar as forminhas em banho de água fria dentro de uma forma de bolo, a idéia é manter a parte externa da forminha imersa em água fria para que ela não se deforme ao entrar em contato com o líquido quente. Mas cuidado, se o líquido quente entrar em contato com água, poderão ocorrer respingos da reação.

Desenforme quando estiver sólido e frio. Se quiser, embrulhe os saches com pedaços de tule ou renda, amarre um laço de fita e os guarde nos armários e nas gavetas para perfumar roupas, sapatos e objetos pessoais.

Fabricação de Velas

Enrole um pedaço de barbante de algodão em uma haste de madeira (espetinho p/ churrasco, palito, etc...) e deite essa haste sobre uma forminha metálica ou plástico resistentes ao aquecimento (tipo forminha de empadas), de modo a deixar uma das extremidades do barbante em posição vertical no centro da forma e encostando no fundo.

Prossiga da mesma maneira conforme descrito para fabricação de saches.

Após retirar a vela da forminha, desenrole a haste, e corte o excesso de barbante (que será o pavio).

As forminhas precisam ser resistentes ao aquecimento.

Cuidado a parafina é combustível.

A mistura irá derreter a uma temperatura de 65 a 80 °C, acima desta temperatura a essência vai evaporar e, abaixo a parafina já estará em processo de solidificação.

A proporção adequada de essência é de 3 a 5% da quantidade de parafina, pois, a parafina tem uma capacidade limitada de absorção de essência, quando colocada em excesso é formada na base da vela uma camada oleosa e com falhas. Para ter uma vela bem cheirosa, utilize essências bem concentradas e de boa qualidade (não quantidade).

A adição do ácido esteárico facilita a retirada da forminha, e a vela derrete mais lentamente, fica mais resistente. As velas podem ser compostas até 40% de ácido esteárico para 60% de parafina, porém o ácido esteárico aumenta o custo do material.